23/06/2020

Empresas buscam soluções para enfrentar a crise do coronavirus

Em momentos de crise, como o que o mundo tem vivido em virtude do coronavírus, empresas se encontram em dificuldades para equilibrar as contas e tem buscado alternativas para não quebrar ou demitir colaboradores.

A realidade da economia brasileira e mundial assusta, outrossim, focando na solução e não no problema, empresas e profissionais tem buscado maneiras de sobressair à crise.

Como se reinventar diante do cenário da Covid-19?

No campo empresarial, empresários tem “fechado a torneira”, mas o que isso quer dizer?  Que tem buscado reduzir gastos extras nas operações e mudaram a visão do negócio com novas e diferentes técnicas de venda.

A capacitação profissional tem se mostrado um ponto chave nesse momento, seja participando de cursos online, lendo livros, com suporte e consultoria de amigos ou outras empresas.
Ampliar o conhecimento, buscar e criar soluções em sua área de negócios, trazer novas ideias e sugestões para a gestão são formas de ajudar a empresa a se reinventar e contribuir de forma positiva para os resultados da organização.

O desenvolvimento de ferramentas, aplicativos e software, também, cresceram durante a pandemia e tende a crescer ainda mais, seja para área de vendas ou suporte ao produto. A Cummins, por exemplo, está reforçando com cliente de grupos geradores o uso do Power Command, software instalado no gerador para monitoramento e gerenciamento remoto do equipamento em tempo real e possibilidade de uso em computadores, tablets e dispositivos móveis.

A São Salvador Alimentos, indústria do segmento alimentício, instalou na sua usina com 12 grupos geradores, o monitoramento remoto PowerCommand. Segundo o engenheiro eletricista responsável, Henrique Fernandes Borges, “Foi instalado o PowerCommand nas doze máquinas da planta, o que garante mais tranquilidade na operação e, em caso de falha, sabemos o erro e qual equipamento precisa ser verificado e temos o suporte do distribuidor em tempo real. Isso traz mais segurança e dinamicidade para as operações.” afirma.

Segundo Fábio Balesteiros, gerente de Pós-Vendas da Cummins, a Fábrica lançou essa solução para clientes em 2018, mas a pandemia pode ampliar o horizonte de clientes e distribuidores sobre essa solução que traz comodidade e segurança na operação de grupos geradores.

Outras lojas do segmento de varejo, como Americanas, Magalu, Casas Bahia, vem reforçando o desenvolvimento e uso de aplicativos para compras de produtos, pequenas e médias empresas tem utilizado as redes sociais para divulgação e venda de produtos, seja pelo Instagran, Facebook ou Whatsapp.

A Komatsu, também, possui uma ferramenta de gerenciamento remoto que sai direto de fábrica acoplado ao equipamento, o Komtrax. O sistema possui várias utilidades para o empresário e ele também consegue “fechar a torneira” fazendo seu uso. “O Komtrax possibilita verificar status de manutenção, melhoria de operação do equipamento, localização da máquina, dentre outros detalhes.”, explica Rilder Rabelo, gerente de serviços da DCCO, distribuidor Komatsu. Segundo ele, com o uso do Komtrax, empresários conseguem economizar dinheiro e ampliar a vida útil dos equipamentos.

O mercado vem ampliando seus horizontes e estudando novas maneiras de estimular o consumo, cortar gastos e manter equipes engajadas. O que resta saber é, quais serão os benefícios e o quais serão as tendências que ficarão pós-crise?
 
 

Últimas notícias

21

07

Paradas de manutenção, aprenda a se planejar

Leia Mais
14

07

Grupos geradores Cummins e sua importância pa

Leia Mais
30

06

Cummins lança aplicativo que permite selecion

Leia Mais
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok