22/10/2019

AGOPA adquire da DCCO projeto completo de energia com grupo gerador Cummins e energia solar

AGOPA completa 20 anos atuando no mercado da cotonicultura (cultivo de algodão) em Goiás, a Associação Goiana dos Produtores de Algodão (AGOPA) adquiriu da DCCO projeto completo de energia, com energia solar e grupo gerador para sua sede, em Goiânia (GO).

A Casa do Algodão é símbolo da união das entidades da cadeia produtiva do algodão em Goiás e tem como função fortalecer a integridade das instituições para realizarem ações referentes ao setor e estreitar relacionamento com instituições públicas e privadas ligadas ao algodão.

A produção de algodão goiana é voltada tanto para o mercado nacional quanto internacional. As lavouras estão concentradas no Sudoeste do Estado e a qualidade é atestada pelo Laboratório de Análise em HVI (High Volume Instrument), equipamento completo que identifica a resistência da fibra de algodão, comprimento, micronaire, índice de fibras curtas, alongamento, maturidade, grau de amarelamento e brilho.

O processo é todo automatizado com o equipamento sendo capaz de analisar as amostras de algodão, pentear, separar as fibras e identificar os parâmetros por meio de sensores.

Os investimentos para a melhoria dos sistemas de produção, visando a sustentabilidade e o crescimento da produtividade são constantes e, por isso, a AGOPA adquiriu da DCCO uma solução de energia ideal para não ficar sem energia e aproveitar a irradiação solar para produzir energia com painéis fotovoltaicos.

Para momentos em que a energia da concessionária venha a faltar, a AGOPA conta com um grupo gerador de energia Cummins, modelo C135D6 de 170 kVA, que opera em modo standby (emergência).

“Em relação a energia, a AGOPA tinha alguns gargalos e, em meados de 2015/16, vimos a necessidade de adquirir um gerador, porque havia muitos picos de energia e isso atrapalhava o processo das análises que é a climatização do algodão. O gerador de energia comprado da DCCO resolveu nossos problemas em relação a falta de energia. Estamos muitos satisfeitos com a equipe que nos atendeu desde a venda ao pós-venda,” relata Rhudson Adssolari, gerente do laboratório de Classificação e Análise e Fibra da AGOPA.

E, neste ano, para produção de energia através de uma fonte de energia renovável, foram instalados 428 painéis fotovoltaicos, totalizando 139,10 kWp de potência instalada. O sistema fotovoltaico instalado irá gerar 208.316,16 KWh de energia elétrica com economia média anual de R$ 110.407,56.

“Com o tempo, percebemos que precisávamos adquirir uma usina de energia solar fotovoltaica para nos ajudar com economia de energia e ter energia sustentável. Tivemos a sorte de ter a parceira da DCCO mais uma vez, pois tudo o que foi combinado foi realizado com grande êxito. O projeto de energia solar foi instalado para termos, em média, 75% de economia na conta de energia e, futuramente, pretendemos aumentar essa economia. “ressalta o gerente.

 

Últimas notícias

21

07

Paradas de manutenção, aprenda a se planejar

Leia Mais
14

07

Grupos geradores Cummins e sua importância pa

Leia Mais
30

06

Cummins lança aplicativo que permite selecion

Leia Mais
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok