03/06/2016

Perguntas simples que devem ser feitas antes de comprar um gerador

1.O FORNECEDOR DO GERADOR É UMA FÁBRICA OU APENAS UMA MONTADORA?
Antes de optar por um fornecedor, procure saber se a empresa é responsável pela fabricação dos principais componentes do gerador (motor, alternador, sistemas de comando e transferência, itens sobressalentes, etc.) ou apenas compra componentes de diversos fabricantes para montá-los, adaptando-os para funcionar em um gerador “montado” (híbrido). Além disso, ao comprar um gerador “montado”, em caso de alguma pane, o cliente deverá recorrer a diversos fornecedores. No caso de um fabricante, o contato pós-vendas é único, mais rápido e sem contratempos.
 
2.O FORNECEDOR DO GERADOR POSSUI UMA ESTRUTURA PÓS-VENDA ADEQUADA?
Não basta fornecer um equipamento. O suporte pós-vendas é essencial para a confiabilidade de suas operações. Investigue se o fornecedor possui realmente oficina estruturada, robusto estoque de peças, engenharia de aplicação, técnicos treinados na fábrica, etc. Aqui, não basta apenas o fornecedor do gerador dizer que tem esta estrutura. Uma boa dica é visitar a estrutura física e instalações de seu fornecedor antes da aquisição para certificar se este irá atendê-lo bem após a compra de seu gerador.
 
3.AS CONFIGURAÇÕES DOS EQUIPAMENTOS CONSIDERADOS PARA COMPRA SÃO SIMILARES?
Uma estratégia bem comum utilizada por alguns fornecedores para redução do custo final do gerador é a simples retirada de alguns componentes importantes da configuração do equipamento ou a substituição destes componentes por outros mais baratos e menos confiáveis. Por exemplo: confirme se o gerador possui disjuntores, como recomendado, ou apenas fusíveis de proteção. O equipamento possui regulador de velocidade? Qual é a capacidade do tanque de combustível? Os componentes são de marcas confiáveis ou de segunda linha? Confira se os impostos, o valor do frete e o valor da entrega técnica estão incluídos na proposta ou se serão cobrados a parte. Lembre-se: muitas vezes o mais barato pode sair muito caro.
 
4.QUAIS SÃO AS REFERÊNCIAS DE MERCADO QUE SEUS FORNECEDORES POSSUEM?
Não basta ter uma boa fatia de mercado. O mais importante é saber se os clientes de um determinado fornecedor estão ou não satisfeitos com o desempenho, confiabilidade e, principalmente, com o atendimento pós-vendas: reposição de peças e suporte técnico do fornecedor. Pesquise junto ao mercado onde a confiabilidade do produto é importante (hospitais, data centers e indústria) se os clientes estão satisfeitos com o atual fornecedor de geradores.
 
5.DURANTE A NEGOCIAÇÃO COMERCIAL, O FORNECEDOR ALTERA O ESCOPO DA PROPOSTA PARA REDUZIR O PREÇO?
Durante o processo de negociação, quando é solicitada a revisão da proposta comercial, fique atento se o fornecedor ao reduzir o preço do equipamento na proposta não alterou também o escopo técnico, utilizando componentes de pior qualidade ou retirando algum item para reduzir o custo do equipamento.
 
6.O FORNECEDOR DE GERADORES POSSUI EQUIPAMENTOS EM ESTOQUE PARA PRONTA ENTREGA?
O prazo de entrega de um gerador é um ponto muito importante e o não cumprimento deste prazo pode gerar grandes problemas. Algumas empresas levam isso tão a sério que fazem grandes investimentos para terem em seu estoque geradores para pronta entrega, visando dar tranquilidade e agilidade ao cliente final e cumprir o prazo de entrega acordado no momento da venda. Verifique no mercado se os fornecedores disponíveis têm cumprido os prazos acordados e se eles têm estoque de equipamentos.

Últimas notícias

20

10

Cummins participa da Fenatran 2017

Leia Mais
09

10

Motores Cummins com venda via cartão BNDES

Leia Mais
02

10

Cummins é pioneira na ISO 50001

Leia Mais
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok